Google+

Verifique a Introdução

Visitem Shopping: Compra segura! direto com as melhores lojas do Brasil.

VEJAM ALERTA NO FINAL DA PÁGINA À ESQUERDA ---> Estamos com mais de 160 tópicos, consulte-os!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Peixe Panga [ ? ]

SÓ ESTOU REPASSANDO, MAS É BOM TER CAUTELA!!!

Atenção
ASAE - SOCIEDADE AMERICANA DE ENGENHEIROS AGRÔNOMOS

Peixe Panga - PERIGO para a SAÚDA PÚBLICA
Há pouco tempo descobri um novo peixe, aparentemente perfeito: filetes muito branquinhos, frescos ou congelados, sem espinhas e a bom preço no supermercado... claro que decidi experimentar...
A minha primeira impressão do sabor do peixe não foi a melhor, (embora fosse a única a encontrar algo estranho, pois é um sabor muito ténue...)
Hoje voltei a comer, e tal como da primeira vez que provei este peixe não melhorou a impressão do sabor...
Acabei de almoçar e pesquisei e encontrei o texto que envio abaixo.
NOTA - achei por bem enviar, porque muitos de vocês já terão provado e gostado... L

O panga é um peixe de cultura intensiva/industrial no Vietname, mais exatamente no delta do rio Mekong e está a invadir o mercado devido ao seu preço.

Eis o que deve saber sobre o Panga:

Os Pangas estão infestados com elevados níveis de venenos e bactérias. (arsénio dos efluentes industriais e tóxicos e perigosos subprodutos do crescente setor industrial, metais pesados, bifenilos poli clorados (PCB), o DDT e seus (DDTs), clorato, compostos relacionados (CHLs), hexaclorocicloexano isómeros (HCHs), e hexaclorobenzeno (HCB)).

O rio Mekong é um dos rios mais poluídos do planeta.(Na guerra do Vietnã o último recurso americano foi jogar o "agente laranja"(desfolhante e cancerígeno).

Não há nada de natural nos Pangas - Eles são alimentados com restos de peixes mortos, ossos e de solo seco, transformados numa farinha, com mandioca e resíduos de soja e grãos. Obviamente, este tipo de alimentação não tem nada a ver com a alimentação num ambiente natural.

Ela não faz do que assemelhar-se ao método de alimentação das vacas loucas (vacas que foram alimentadas com vacas, lembra-se?) A alimentação dos pangas está completamente desregulada.. O panga cresce 4 vezes mais rápido do que na natureza ...

Além disso os pangas são injetados com PEE (alguns cientistas descobriram que se injetassem as fêmeas pangas com hormonios femininos derivados de desidratado de urina de mulheres grávidas, a fêmea Panga produziria os seus ovos muito rapidamente e em grande quantidade, o que não aconteceria no ambiente natural (uma Panga passa a produzir assim aproximadamente 500.000 ovos de uma vez). Basicamente, são peixes com hormonios injetáveis (produzidos por uma empresa farmacêutica na China) para acelerar o processo de crescimento e reprodução. Isso não pode ser bom.

Ao comprar pangas estamos colaborando com empresas gigantes sem escrúpulos e gananciosas que não se preocupam com a saúde e o bem-estar dos seres humanos.

Este comercio está sendo aceito por países que os vendem ao público em geral, sabendo que estão vendendo produtos contaminadas.

Nota: devido à prodigiosa quantidade de disponibilidade de Pangas, este irá acabar em outros alimentos: surimi ( alimentos com pasta de peixe), peixe terrines e, provavelmente, em alguns alimentos para animais. ( cães e gatos!)


Diz-se que comer peixe é bom para a saúde, mas eu já começo a duvidar de tudo!!!!

(texto traduzido)

6 comentários:

  1. Encontrei referencias que contradiz ao relato.

    Veja o Link:

    ResponderExcluir
  2. Oi Adilson, boa tarde!

    É de iniciativas como a sua que o Brasil está precisando, gente que trabalha com honestidade.
    Recentemente recebi um Email sobre este assunto e resolvi procurar informações, pois não repasso nada,sem antes de me certificar, se procede ou não.
    Quero agradecer pelo seu comentário, pois já tinha pesquisado em outro lugar, que diz a mesma coisa.

    Um forte abraço,

    Elzinha

    ResponderExcluir
  3. Quanto ao que falaram sobre o Rio Mekong posso dizer que não é nenhuma mentira e que nunca vi nada parecido e que a questao de ter uma quantidade enorme de peixes sendo criados nele é absurda e que a questão sanitária é bem a céu aberto, quem me garante que essa histotia toda não tenha um pouco de sentido afinal estamos num país onde a decencia e o respeito humano não existe. Minha filha foi contaminada por salmonela, chegou a ficar no CTI 3 dias através de leite de caixa de boa qualidade e bem conhecido. Onde os proprios advogados da marcar alegaram que por o leite ser pasteurizado isso seria impossivel e o juiz concordou ou seja quase perdi minha filha e ficou por isso mesmo e no entanto existem pesquisas que provam o contrario, mas como estamos num mais sem creditos fica dificil Sr. Adilson Barelli com essa pequena resposta postada acredita que o sr. esteja correto, me desculpe. segue abaixo o que dizem algumas pesquisas sobre contaminaçao do leite pasteurizado por salmonela.
    http://www.cienciadoleite.com.br/?action=1&a=169&type=4

    Leite Pasteurizado

    A contaminação do leite com Salmonella e Campylobacter, bactérias causadoras de intoxicações alimentares, normalmente destruídas no processo de pasteurização, pode ocorrer a partir de uma contaminação pós-tratamento térmico, derivada de uma série de causas como: fluxograma incorreto da planta, formação técnica dos funcionários inadequada e controle deficiente do processo. Observaram-se também contaminações pós-pasteurização do leite por Yersinia enterocolitica a partir de xarope de cacau contaminado.
    Que país é esse, quem são vcs?

    ResponderExcluir
  4. às vezes fico imprecionado como as pessoas são facilmente induzidas a acreditar em determinadas materias sem ao menos saber a veracidade, de todos e-mails que recebi até hoje, uma parcela infima era verdade, pois pesquisei sobre todos. abraços

    ResponderExcluir
  5. pouca gente dá a cara neste tipo de assuntos.....

    ResponderExcluir
  6. Sou químico, trabalhei na área alimentícia, sei que por mais esterilizado que seja o produto ele pode ser contaminado na estocagem inadequada no manuseio, etc.
    Mas não acredito que uma empresa assuma o risco de importar um produto com contaminação comprovada, o importador é responsável pelo efeito do produto, e o mesmo pode ser consumido por rico e por pobre.
    Imaginem se o Brasil exportar peixe pescado no rio TIETE, quem conhece São Paulo vai falar que é peixe criado no esgoto, e nos sabemos que o rio tiete a maior parte de sua extensão é de águas limpas.

    Vejam Link: Agrolink

    ResponderExcluir

Os comentários serão moderados e depois postados !